Musotoku vs Atom x


Continuando o curso sobre fontes de tatuagem, veremos um comparativo entre a Fonte Musotoku vs Atom X.

O vídeo abaixo está disponível no Youtube no Canal Fireside Tattoo Network, clique no vídeo e se inscreva no canal do pessoal.

O vídeo é com Ty Palota (https://www.instagram.com/typ.art/ ) um tatuador americano que já utilizou ambas as fontes mas que atualmente utiliza a Musotoku.

Abaixo temos alguns trechos retirados do vídeo, esperamos que ajude a ver os benefícios e o diferencial entre as fontes.

  • Em outras fontes de tatuagem eu não tinha uma leitura precisa da voltagem, mesmo com a mesma máquina ao testar a mesma voltagem em diferentes fontes, os resultados eram sempre diferentes;
  • Sempre me perguntei como essas fontes podem me passar informações precisas sobre hertz, voltagem, duty cycle mas na prática as fontes da Critical não me davam confiabilidade;
  • A atom X tem um ótimo acabamento, uma interface touch reta muito legal;
  • A musotoku aparentemente não tem muitos atrativos visuais a primeira vista, mas o botão é bem old school, podemos girar ele infinitamente;
  • Os botões da Musotoku são bem confortáveis e mesmo os botões da Atom X serem bem legais, a durabilidade da Musotoku com certeza é superior;
Fonte Musotoku vs Atom X
Fonte Musotoku
  • As fontes da Critical sempre prezaram muito pelo acabamento, e o fato da Atom X ter um magnetismo para ficar em praticamente qualquer bancada é um ponto bem positivo;
  • O problema da Atom X é que nas lojas eles falam sobre ter até 4 amperes, mas na verdade você sempre vai ter ela com 1 ou 1.5 amperes, muito dificilmente elas chegam nos 4 amperes que são anunciados;
  • A Critical gasta muito dinheiro na parte externa das fontes, diferentemente da Musotoku onde eles investem mais nas partes internas, e por isso ela é mais cara;
  • Os componetes da Musotoku são superiores ao da Critical e isso justifica o seu preço mais elevado;
  • Musotoku tem 5 amperes realmente contínuos vs 1.5 amperes contínuos da Critical;
  • Musotoku tem 10 amperes no pico vs 4 amperes no pico da Critical;
  • A Musotoku pode ficar dias e dias funcionado e você não sente nenhum tipo de inconsistência na performance dela, diferente da Critical;
  • Os botões analógicos da Musotoku com certeza podem durar décadas, e você pode sentir isso ao apertar os seus botões, diferente do Touch da Critical que com certeza tem uma durabilidade menor;
  • Sobre o preço, a Musotoku custa mais do que o do dobro que uma Critical, mas a Critical precisa ser trocada de tempos em tempos, já a Musotoku..
  • Sobre um gosto pessoal meu, eu não gosto do sistema de gerenciamento de cabos visualmente, pois eu não utilizo eles;
  • As bordas poderiam ser mais suavizadas na Musotoku para não causar danos na mochila em que as carregamos;
  • A Musotoku tem uma capa descartável plástica que é muito funcional e bem prática;
  • Usei as fontes da Critical aproximadamente 7 anos profissionalmente, e comprei de 4 a 5 fontes dela;
  • Estou com a Musotoku a 1 ano aproximadamente, e não tenho nenhum problema com ela, está como nova, mesmo deixando cair ela está perfeita;
  • Não precisamos ter algo bonito, mas algo que seja realmente funcional, e se você tem algum problema com sua máquina, principalmente as rotativas utilizando uma Critical, 9 em 10 casos o problema some se você testar a mesma máquina em uma Musotoku;

Gostou do artigo com as dicas do Vídeo? Deixe um comentário abaixo!

Caso queira uma recomendação dos melhores produtos entre em contato nesse Whatsapp e consiga um desconto em sua compra! (11) 98272-8765.

Tem alguma dúvida ou sugestão sobre o nosso curso? Envie o seu comentário abaixo! Agora que já viu sobre Musotoku vs Atom X Continue o seu Curso Sobre Fontes de Tatuagem.

Deixe um comentário

Open chat
1
Orçamento Expresso